Home Ceará Cai o número de cidades com alta infestação pelo Aedes aegypti no Ceará

Cai o número de cidades com alta infestação pelo Aedes aegypti no Ceará

3 Primeira leitura
0
0
48

Cem dos 184 municípios cearenses apresentaram baixa infestação pelo mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika. De acordo com o primeiro Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) do ano, houve redução proporcional de 65,85%, passando de 45 em 2017 para 19 em 2018.

Realizaram o primeiro LIRAa do ano 183 dos 184 municípios cearenses e 54,64% apresentaram baixa infestação, 34,97% média infestação e 10,38% alta infestação.

Pelo LIRAa, estão em situação de risco municípios com Índice de Infestação Predial (IIP) acima de 4% dos imóveis. Em situação de alerta estão os municípios com IIP entre 1% e 3,9%, média infestação, e, em situação satisfatória, os municípios com IIP abaixo de 1%.

LIRAa

O Levantamento Rápido de Índice para Aedes aegypti (LIRAa) é um método amostral que tem como objetivo principal a obtenção de indicadores entomológicos de maneira rápida. Ocorre em quatro etapas: planejamento com definição da amostra, execução da pesquisa, análise e avaliação dos resultados. Municípios que possuam mais de dois mil imóveis na zona urbana estão aptos a realizar o LIRAa.

A ferramenta permite aos profissionais que atuam no controle vetorial do Aedes aegypti no município, identificar e classificar os principais tipos de depósitos em que os focos do vetor foram encontrados, direcionando assim as ações de controle.

Fumacê

Até sexta-feira (16), a Secretaria da Saúde do Ceará conclui o terceiro ciclo da pulverização tipo fumacê em 31 bairros de Fortaleza. No terceiro ciclo de pulverização serão cobertos 7.086 quarteirões, das 5h às 8h30 e das 16h às 20h.

A recomendação aos moradores é que abram portas e janelas das casas na passagem do fumacê, para que o inseticida atinja o mosquito dentro das residências.

GI/CE

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Ceará

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Veículo encontrado abandonado em Icó

Ontem (23), por volta das 08h30min, a policia militar recebeu uma informação via telefone …