Home Ceará Conheça histórias de amor e laços formados em famílias adotivas no Ceará

Conheça histórias de amor e laços formados em famílias adotivas no Ceará

6 Primeira leitura
0
0
50

É importante você saber que essas reportagens não são sobre adoção. São é sobre mães e pais. Sobre filhos. São sobre histórias. Vida. E, sobretudo, a respeito do amor. Porque se existe algo não sei se sagrado, não sei se uma condição, nas relações entre pais e mães que escolhem ter filhos, isso é o amor.

Conheça histórias de famílias que se formaram a partir da adoção em mais uma parte da reportagem especial de Ariane Cajazeiras para a Tribuna Band News FM.

Tornar-se pai, tornar-se mãe, ter uma família maior… Esse era o objetivo de Nílbio e Marize Thé. Determinados a adotar uma criança, o casal entrou na fila do Cadastro de Adoção.

“Em janeiro de 2010, a gente se dirigiu ao fórum pra fazer o cadastro, teve todo o apoio da equipe de assistência social, fizemos o curso, e em maio fomos habilitados como pretendentes de adoção na fila do cadastro nacional”, disse Marize Thé.

O perfil da criança não tinha muitas exigências, a não ser a idade.

“É óbvio que você tem que ter desejo de ser pai e mãe. Mas mais importante do que isso é a criança que precisa de uma família. Você, às vezes coloca esse desejo na frente disso. Tem hora que você escolhe demais. E quando você vai ter um filho biológico, principalmente aqui no Brasil que somos miscigenados, é plenamente aceitável que seus filhos nasçam de qualquer cor”, relatou Nilbio.

Mas antes de serem chamados pela Justiça, apareceu o Guilherme.

“Abri a porta e ele estava lá. Não sabia se era menino, menina, só tava vendo a cabeça dele. Eu imediatamente fiquei chorando ali, feliz, repensando a vida. Amanheci um cara sem filho e dormi sabendo que eu ia ter que acordar de madrugada, trocar fralda…”, relembrou Nílbio.

Cinco anos depois, Nílbio e Marise foram chamados: o Rafael estava esperando por eles, um bebê de nove meses. E aí, a família cresceu.

“Quando a gente recebeu a ligação da equipe de adoção, disseram que estavam com uma criança dentro do perfil e perguntaram se a gente tinha interesse em conhecer. Inclusive, a gente tava sofrendo intimidação do Guilherme porque ele queria um irmão”, contou Marize.

Um mês depois, o Rafa já estava em casa, e os pais com a guarda provisória. Não sem antes haver uma adaptação com o Guilherme, que recebeu muito bem a notícia.

“O Guilherme chegava na escola contando falando pra todo mundo que ia visitar o irmão, que tava num abrigo. E as professoras estranhando, não sabiam se era verdade. Quando a gente chegou lá com a criança, foi uma festa. O processo de adoção é desconhecido para muitos”, relembrou o pai.

E se todo mundo comemora anualmente a data do nascimento em festas de aniversário, os pais do Gui e do Rafa têm no coração duas datas especiais: a de nascimento e a de chegada. E é o Gui quem resume a importância da família dele.

“A família é importante. E quando a gente se sente triste, a família sempre se preocupa”, disse Guilherme.

Por Tribuna Bandnews FM

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Ceará

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

ELEIÇÕES 2018: PSDB pede cassação de chapa de Camilo e Cid Gomes

O PSDB entrou com representação contra chapa de Camilo Santana, Izolda Cela e Cid Gomes, c…