Home Esportes Dono de campanha sólida, Ceará bateu o Fortaleza e se tornou bicampeão

Dono de campanha sólida, Ceará bateu o Fortaleza e se tornou bicampeão

7 Primeira leitura
0
0
21

 

Com autoridade tática, técnica e um planejamento preciso da comissão liderada pelo treinador Marcelo Chamusca para utilizar um elenco que já atuou 28 vezes na temporada por três competições diferentes, o Ceará conquistou ontem o seu 45º título estadual.

Como no primeiro encontro da final, quarta-feira passada, o Alvinegro venceu o Fortaleza por 2 a 1 (Pio e Felipe Azevedo para o Ceará e Adalberto para o Fortaleza), em um Castelão com o maior público do ano. Assim, para 39.920 pagantes, o Ceará garantiu o bicampeonato cearense, já que bateu o Ferroviário em 2017.

ARTHUR É uma das estrelas do Alvinegro. Atleta é o artilheiro do time no Estadual  EVILÁZIO BEZERRA
ARTHUR É uma das estrelas do Alvinegro. Atleta é o artilheiro do time no Estadual EVILÁZIO BEZERRA

A campanha do elenco comandado por Marcelo Chamusca foi marcada pela utilização de todo o grupo de atletas. Envolvido também na Copa do Brasil (foi eliminado pelo Atlético-PR) e na Copa do Nordeste (um dos favoritos ao título, vai enfrentar o CRB nas quartas de final), o Ceará escalou sua equipe reserva em 10 partidas do estadual.Mas, sempre que encontrava o Fortaleza pela frente, tratava de escalar o que tinha de melhor.

Assim, nos quatro confrontos diante do Tricolor na temporada deste ano, foram três vitórias e um empate, com sete tentos marcados e três sofridos.

“Nossa campanha não deixa dúvidas de que fomos melhores. A diretoria e a comissão técnica, sabendo dessa realidade de muitos jogos, nos deram toda a condição de disputar as competições e montaram um grupo forte. Então, parabéns a todos que fazem o clube, sem exceção, que nos deram condição de representar essa camisa maravilhosa”, contou Ricardinho, que conquistou seu quarto título estadual pelo Ceará (2013, 2014, 2017 e 2018), o maior vencedor do atual elenco.

A conquista de ontem não foi acompanhada pelo técnico Marcelo Chamusca, que teve uma queda de pressão pouco depois do primeiro gol de Pio, marcado aos 18 minutos do primeiro tempo, e precisou de atendimento médico no vestiário.

Havia a expectativa de Chamusca retornar para comandar o time no segundo tempo, mas, por recomendação médica, o treinador seguiu no vestiário e depois foi levado ao Hospital da Unimed por precaução. De lá, já em boas condições, participaria da comemoração do elenco em um restaurante no bairro Edson Queiroz.

A ausência de Marcelo Chamusca fez o auxiliar Caé Cunha assumir o comando do time no restante da partida, deixando evidente o entrosamento da dupla.

“Sou auxiliar, mas fui treinador apenas hoje (ontem) e tudo deu certo porque o nosso trabalho é baseado em muito estudo e entrosamento. Não por acaso, já é o nosso terceiro título estadual em seis anos, além dos três acessos no Campeonato Brasileiro que tivemos nesse período”, disse, eufórico.

Os atletas do Ceará igualmente mostraram maturidade e um poder coletivo fundamental. Não é nada comum que um técnico deixe sua área por problemas de saúde, mas, ainda assim, mesmo sabendo que as condições de Chamusca não eram graves, os jogadores mantiveram o plano de jogo. Cada um colaborou na liderança conjunta, ao lado dos torcedores, sempre intensos.

A comemoração do elenco do Ceará não vai durar muito. O maior desafio do clube em 2018, o Campeonato Brasileiro da Série A, terá início já no próximo sábado, às 21 horas.

Diante do Santos, em São Paulo, o elenco começa a traçar seu caminho em busca da manutenção na primeira divisão e de conquistar vaga nas competições da América do Sul.

O presidente Robinson de Castro avisou: vai contratar cinco jogadores. O lateral direito Arnaldo é um deles. Os outros quatro são atletas velozes para o ataque.

 

Redação O Povo Online/ FERNANDO GRAZIANI

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Esportes

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Operação da PF cumpre mandados contra grupo que gerou prejuízo de R$ 4 milhões em fraudes no Ceará

A Polícia Federal realiza operação contra uma organização criminosa investigada por fraude…