Home Destaque Icoense Desfilará no Grupo Especial das Escolas de Samba de São Paulo neste Sábado (10)

Icoense Desfilará no Grupo Especial das Escolas de Samba de São Paulo neste Sábado (10)

4 Primeira leitura
0
0
1,000

O Nosso Icoense Jô Alves irá desfilar pela primeira vez pela Escola de Samba Dragões da Real de São Paulo, ele nos contou que está com aquele frio na barriga e que no primeiro ano de Carnaval já irá sair na linha de frente de sua Ala ( Ala TamuJunto), que irá com a fantasia de São Gonçalo o Santo dos Violeiros. A linha de frente de cada Ala é a posição mais importante, pois será ela que irá ter a responsabilidade de enquadrar e guiar todo o restante da Ala.

O Icó irá se ligar nesse grande dia para ver a Escola de Samba Dragões da Real brilhar e Voar alto junto com nosso grande talento Jô Alves que tanto nos orgulho e que sempre representou nossa cidade onde vai.

Jô Alves

O enredo aborda a história da música sertaneja para 2018; escola desfila no segundo dia de carnaval, no sábado (10).

A Dragões da Real, vice-campeã em 2017, levará a história da música caipira e sertaneja ao Anhembi em 2018. O samba-enredo da Dragões da Real foi composto por Armênio Poesia, Xandinho Nocera, Léo do Cavaco, Ronaldo Maransaldi, Renne Campos, Paulo Senna, Alemão do Pandeiro, Fabio Brazza, CG e Wagner Rodrigues. Veja a letra:

‘Minha música, minha raiz. Abram a porteira para essa gente caipira e feliz’

“Eu sou caipira pirapora sim sinhô!

Venho de longe  mostrar o meu valor

‘Chora viola’, vamô simbora!

Abre a porteira que as dragões chegou!

O galo canta, inspirando a melodia

Uma linda sanfonia

Onde mora o sabiá

A natureza dá o tom do meu destino

Feito um sonho de menino

Sou raiz deste lugar

E nessa longa ‘estrada da vida’

A enxada na lida, o suor na plantação

Da varanda, um tempo me convida

Tô chegando mãe querida

Bota lenha em fogão

Nos lugares que passei (que passei!)

Fui a voz do coração (coração!)

Embalei a “romaria” na divina cantoria

E a fé na procisão

‘Ainda ontem, choquei de saudade’

Cruzei froenteiras por este mundão

Fui me tornando uma moda de respeito

Orgulho no peito, chapéu na mão

Vi ‘evidências num fio de cabelo’

Um violeiro se emcionar

‘Tocando em frente segue a galopeira

No rancho fundo à luz do luar

É o amor dessa gente feliz que não pode faltar!”

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

CUMPRIMENTO DE MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO DE MENOR, ATO INFRACIONAL POR POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO DE USO RESTRITO E TCO POR FALTA DE HABILITAÇÃO(CNH)

Ontem (17) por volta das 10h30min, a equipe do RAIO/Iguatu-CE, encontrava-se nesta em Icó …